30 novembro 2006

Photobucket - Video and Image Hosting

image by Rui Bonito




você : meu maior paradoxo


*


se eu pudesse
liquefazia meu pensamento em você
e lançava em água corrente...


renovava meu riso
e me mudava definitivamente
para a nascente dos meus olhos


de lá vislumbraria o rio...


já não é o mesmo rio,
já não sou a esmo.
não sinto o mesmo
vazio.


*


não sou mais do que posso ser
mas posso ser mais do que sou


*


quis ter asas
e ainda quero


pássaro-poema


: volta logo que
eu te espero!
*

16 comentários:

diovvani disse...

Seu pássaro-poema, está solto aqui. Olha:

"se eu pudesse
liquefazia meu pensamento em você
e lançava em água corrente..."

AbraçoDasMinas.

jupyhollanda disse...

lindo poema pássaro...
lindo!
lindo!
lindo!
linda!!!

Bjos
:***

Múcio Góes disse...

Heráclito nadou nesse rio, eu voei no teu poema.

Como sempre, vir aqui é.

bjo.

Múcio Góes disse...

Ah sim, sim, por que não, né? Mas é que optei por manter os poemas mais longos na configuração original do blog, sei lá, mas me agrada vê-los assim qd postados, enfim. Vlw a dica, viu? ;)

Bjo, bom fds!

paulo vigu disse...

eu rioabaixo em seu poema de água corrente e, quedas d'água, faço bóia em um desses asteríscos * comprei um par de asas novas no último inverno e não usei * quer que eu envie? Riodaqui/ beijo em você / paulo vigu

Luzzsh disse...

Olá Clauky,

Gostei muito:
1) de vagar pelos seus escritos; alguns deles me tocaram profundamente....
2) de saber que há tantas, muitas, outras pessoas que tentar criar "arte por toda parte". Eu, assim como vc, admiradora incauta e invencível de toda manifestação artística, só posso ficar feliz de conhecer pessoas como vc.
Obrigada pela visita.

Beijos.

douglas D. disse...

Bonito, como bonito é o que vc escreveu ao seu amigo que partiu. Visitarei as poesias dele.
abs.

Leandro Jardim disse...

De: Para
Para: doxo

hehehe

as asas essas escassas
com as quais não voei
são de casa como a cabeça
no reinado que não reneguei

tudo lindo aqui, querida mia
sua poesia
sua filosafia
e você, todo dia!

beiJardins

Fabio Rocha disse...

Belo espaço, amiga.

Beijos

Mônica Montone disse...

Você já vive na nascente dos seus olhos, linda....

beijos e boa semana

MM

Mônica Montone disse...

Passaaaaando e deixando beijos......... smack

MM

Edilson Pantoja disse...

Poema de belas asas, pássaro de belas letras. Abraço!

Maria Cláudia disse...

Clauky,

Amei o pássaro-poema. Senti as asas das palavras que nos abençoam ou apavoram, mas que não nos abandonam. É só esperar!

beijobeijobeijo

Maria Cláudia

Mônica Montone disse...

Boa semana para você, pessoa encantada ;o)

MM

Ana Maria Costa disse...

Clauky,
Andei sumida, mas não esqueço dos seus belos poemas, vim matar a saudade!
Um grande abraço!
Ana(Clariana)

Livia Pugliese disse...

Olá poeta!

Lindo blog. Pássaro-poema faz voar. Beijos, beijos, beijos. Lívia