03 junho 2006

Ventania




..palavras que v
.........ão com o v
ento,


palavras que ven
.................tam em
.......................vão,


vertem em meu
.ventre solidão...


abro a janela.
minha mente
(in)
venta
novamente.

Clauky
(blowin' with the wind)

12 comentários:

Bill disse...

Ola

Palavras que com o vento vão, nem sempre com o vento vem, são silabas sobrevoando, tudo e sempre mais alem... Vento leva e releva...

Hum... Perfeito como sempre... Perfeito...

Otima semana pra tu

:***

diovvani disse...

Clauky, saiba que partindo de agora e sempre; você como Nel Meirelles (dentre outros) são parte do meu Café poético. Muito bom estar aqui. Abraço n´alma,
Diovvani.

Valéria disse...

ah que belo! ambas... poesia e imagem
um beijo

Mônica Montone disse...

Que os melhores ventos sempre soprem em suas janelas, bonita!!

Beijos e boa semana,

MM

Ps: Melhorei!! Estou em pé novamente, rs*... Bora marcar a reunião com seu love?

Lualves disse...

Clauky,

Parabéns pela composição. Dinâmica, segura e bela. Deixemos que o vento toque sempre a nossa face.

Lualves

Maria Cláudia disse...

Vim ventando do Telescópio até aqui... nas asas das tuas palavras. Gostei de des(in)ventar letras na mente (ou ventre).

Beijo.

Asas Claras disse...

Que maravilha Clauky. Você foi genial nessa criação.

beijos

Rose

Vandré Abreu disse...

As palavras vem, vão, ventam e inventam... como é na sua mente.

Belíssimos poemas, imagens, blog... Foi um imenso prazer ler seus escritos.
Parabéns e obrigado

Elcio disse...

Que delicia de passeio acabo de fazer por esse espaço.
Amei cada post. Deliciei-me com cada poema, com cada jogo de palavras. Estou te linkando ok?
Voltarei mais vezes.

Ah sim...cheguei aki via Telescopio.

É isso.
Bjs e bom fds.

Clauky Saba disse...

Bom, vamos aos agradecimentos rsrs

Bill: como sempre, obrigada pelo carinho e pela leitura!

Diovanni: será um prazer fazer parte de seu desejum...

Valéria: prazer em recebê-la em meu cantinho.

Mônica: que venham melhores ventos para todas nós!

Lualves: obrigada pela leitura atenta.

Maria Claudia: De poeta para poeta, minha admiração e meu obrigada.

Rose: minha querida, és sempre bem-vinda. Pouse suas asas claras por aqui mais vezes.

Vandré: como diria Cecília: "palavras voam... e as vezes pousam.!

Elcio: prazer em te conhecer! Obrigada pelo link! Que bom que através do telescópio captaste minhas poesias ;)

Idiossincrasia'S disse...

É dito
que há arte
em toda parte.
Parte de mim
arde em versos
que partem
antes que eu possa
escre
vê-los.

Ricardo Mainieri disse...

Clauky :

Um poema que utiliza elementos modernos.
Onde a partição das palavras sugerem e complementam o significado.
Excelente momento teu.

Beijão.

Ricardo Mainieri