13 maio 2009

Iça (poemazul em 13 de maio)

IÇA (poemazul dedicado à Isa)

pois que venham os ogros,
saiam de suas cavernas,
borboletas barulhentas

pois estou sem velas
nem redes nem iscas

apenas comigo
carrego poemas

clauky saba

Obs: inspirado em texto da Iabela Figueiredo do Blog Ponto de Fusão sobre a Lenda dos Ogros
http://pontodefusao.blogspot.com/2009/05/lenda-dos-ogros.html

4 comentários:

Isabela Figueiredo disse...

Ai que fofo da sua parte colocar o link do blog!
Obrigada linda, adorei o poema! Primeira vez que me dedicam um. ;-)
D+++

Anônimo disse...

...em dia de possibilidades negras de serem livres, içou azul um poema de liberdade plena. abraços poéticos. http://almalesma.zip.net

Isabela Figueiredo disse...

Você sempre tem alguma coisa inesperadamente especial e linda para me dizer. Adoro isso em você.
Beijos!

Priscila Lopes disse...

A poesia é uma arma letal - ao poeta; ao leitor, em muitos casos, dá a vida.