01 março 2008

1º.o3.o8

Poemazul
vem assim
sem título

zunindo
acima como
desce

assume como
esquece

e passa,
zumbido.


Cky

7 comentários:

Jake Mello disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jake Mello disse...

Seria ótimo se tudo passasse como o poema azul. E seria ótimo se nem tudo
passasse!
beijos

Mi disse...

Finalmente voltou! :)

tamara disse...

Lindo Poema!!!!
Adorei seu blog...
Bjos!

Múcio L Góes disse...

um poemar azul.

voltaste, que bom!

bjo.

Rosi Gouvea disse...

Quem faz um poema abre uma janela.
Respira, tu que estás numa cela abafada,
esse ar que entra por ela.
Por isso é que os poemas têm ritmo
- para que possas profundamente respirar.
Quem faz um poema salva um afogado.

...Mário Quintana...

Agora queria ficar morando aqui.
Mas estou de passagem.
Deixo aqui admirações a abraços!

Analuka disse...

Beijo azul.