17 novembro 2005

Jardim das Delícias

"O meu corpo é um jardim,
a minha vontade o seu jardineiro"
Shakespeare

Entrego-me de corpo, alma e coragem
a minha vontade alta voltagem.
Volta e meia vagueia em meu ventre...
Não pise na grama, apenas entre.

Clauky Saba ("Shakesperiano"...)




2 comentários:

Lu Cavichioli disse...

Oi Clauky, que blog clean que vc tem!? Gostei bastante do estilo, e tem a ver contigo.

Sobre este poema, saiba que ficou exelente!
Vc criou imagens helênicas, ou coisa que o valha. Pelo menos pra mim, hehe!!
Amei!
Beijo da Lu

Anônimo disse...

muito bom poema
não sei exatamente o porque, só sei que gostei :)